sábado, 23 de outubro de 2010

Da feira para casa, a Segurança Alimentar Domiciliar.

Apesar das inspeções das agências e o órgãos públicos responsáveis pela a segurança do alimento exposto nas feiras, mercados, grandes lojas e supermercados. O consumidor deve ter cuidado também com o transporte, o manuseio e o armazenamento desses alimentos em casa. O manuseio incorreto desses alimentos, pode contaminá-los. Muitos produtores tomam o cuidado necessário com seus produtos, antes de levá-los para serem vendidos. Cuidados como por exemplo a lavagem para retirar excesso de terra e adubos. Antes de vender, alguns produtores, lavam as alfaces, couves e outros produtos de sua horta.

Apesar alface estar lavada, ela ainda pode conter microorganismo proveniente do adubo . O mesmo vale para as carnes, os ovos e os alimentos que são embalados na indústria como o leite e derivados do leite, as caixinhas de tomate, as latas e garrafas de bebidas etc.. Todos esses alimentos apesar de terem sidos inspecionados e o seus conteúdos estarem em perfeitas condições, da embalagem para a mesa onde será consumido podem sofre contaminação por bactérias ou toxinas. Por serem produtos bem protegidos, podem ser guardados e armazenados em lugares que apesar de limpos, não são tão confiáveis. O simples contato de mãos ou as sujeiras ocasionados pelo transporte desses produtos são suficientes para acomodar milhões desses microorganismos por fora de suas embalagens. E para eliminar esses microorganismos e evitar outros problemas, o consumidor deve tomar certos cuidados em casa, com os produtos vegetais e animais crus, cozidos ou embalados pelas indústrias. Veja abaixo quais cuidados a tomar:

Cuidados gerais ao preparar alimentos:

• Lave sempre com água e sabão: a tábua de cortar carne, os utensílios, as louças e a superfície onde se prepara alimentos, se possível enxágüe com água quente. Lave sempre que preparar carne bovina, frango e peixe. Não misture as carnes, prepare uma por vez, lave-os e só depois use-os novamente.

• Jogue no lixo as buchas e esponjas de lavar louça, assim que notar que já estão começando a ficar gastas.

• Tenha sempre por perto lixeiras com tampa. Recolhe o lixo regularmente, para não juntar moscas.

• Sempre lave as mãos com sabão, durante 20 segundos, antes de preparar qualquer alimento e depois que preparar carnes cruas.

• Separe produtos vegetais de produtos animais. Jamais reutilize a tábua de cortar, os utensílios, as louças que você acabou de usar para cortar carne crua, para cortar e preparar verduras.

• Lave os panos de prato com água quente, se não for possível, após o enxágüe deixe de molho na água quente pelo menos 30 minutos.

Cuidados com carnes cruas em geral

http://4.bp.blogspot.com/_RFhigVWcTwg/Sk932CUWOfI/AAAAAAAAAq0/hvjjYaoe-m0/s400/fleisch.jpg• Ao comprar, não embale carnes resfriadas com outros produtos. Se a carne escorrer o seu líquido, pode contaminar outros alimentos.

• Não misture carne de peixe com carne de frango ou bovina. Embale separados um do outro.

• O ideal é ter 2 tábuas de plástico, uma para cortar carnes e outra para verduras, legumes ou outros alimentos. Caso não seja possível, ao cortar carne crua, lave com sabão a tábua e os talheres, somente depois corte outro alimento. As tábuas de madeira não são aconselhadas por serem de fácil proliferação de bactérias. O mesmo acontece com as tábuas de plástico muito riscada ou com ranhuras.

• Utilize pratos ou vasilhas e utensílios separadas para carnes bovinas, peixes e aves.

• Lave as mãos com sabão depois de manusear carnes cruas.

• Não deixe a carne exposta a temperatura ambiente, ao chegar com as compras coloque as imediatamente na geladeira ou freezer.

• Jamais re-congele qualquer tipo de carne. Não descongelar e novamente congelar, procure separar a carne em pequenas porções, separadas com plástico. Descongele apenas as porções que vão ser preparadas e prepare assim que descongelar.

• Descongele sempre na geladeira; sobre água corrente ou em uma vasilha com água, trocando sempre a água, e no máximo por duas horas; ou no forno microondas seguido de cozimento ou como parte do processo de cozimento.

• Tenha cuidado dobrado com carne de frango, de peixe e frutos do mar em geral. Esses produtos se deterioram rapidamente quando expostos a temperatura ambiente. Mantenham os sempre refrigerados, mesmo se esses estiverem temperados.• Saiba que o tempo de validade do frango congelado é maior que o frango resfriado.

• Não misture carne crua com cozida

Cuidados com frutas e vegetais crus

http://www.sisguia.com.br/sisguia_novo/noticias/img/palitoes1.jpg• Não consuma frutas e vegetais com partes podres, mofados e em fase de deterioração.

• Ao guardar, não misture alimentos estragados. Jogue fora os alimentos que estiverem estragados, lave e seque os outros.

• Ao fazer a feira ou ir ao mercado, lembre-se. As hortaliças como: alface, agrião, almeirão, couve etc. amadurecem mais rapidamente, as folhas logo ficam amareladas.

• Lave sempre as frutas e verduras. Use uma escovinha para remover sujeiras da superfície e não a reutiliza para outros fins.

• Lave bem as hortaliças com as folhas em forma de "cabeça fechada" como: alface tipo americana, agrião, almeirão etc. Separe as folhas uma a uma, principalmente quanto mais próxima do centro da hortaliça.

• Deixe de molho as frutas, hortaliças e verduras, em uma solução com Hipoclorito de sódio. O hipoclorito de sódio é fácil de encontrar em qualquer farmácia ou drogaria, verifique na embalagem se a solução é de 1% ou 2%. Mistura com água na proporção indicada na tabela e deixe as verduras de molho por no máximo 30 minutos.

Cuidados leites e derivados

http://fazendatrespalmeiras.com.br/images/fot_racajersey_1.jpg• Jamais consuma leite que não seja pasteurizado e embalado.

• O mesmo com queijos e produtos derivados do leite, que não se saiba a procedência. Sempre procure produtos com rótulo e os selos de inspeção.

• Ao comprar caixas de leite (embalagem de papelão). Antes de consumir, levante as " orelhas" da caixa que serão cortadas. Lave caixa com água e sabão, seque bem. Somente depois corte a embalagem. O mesmo vale para as caixinhas de derivados de leite. (creme de leite, leite condensado etc.)

• Lave também os produtos derivados de leite enlatados. (creme de leite, doce de leite). Lave bem a latinha com água e sabão, seque bem. Somente depois fure ou abra a lata. Se possível retire o rótulo antes.

• Não consuma se a embalagem estiver furada e se a latinha estiver estufada ou amassada, mesmo se eles estiverem dentro do prazo de validade.

• Se está em dúvida se o leite ou derivado está estragado, por não ter sido preparado ou armazenado de forma correta. Jogue Fora. Você não pode fazer um produto ser saudável, se ele não foi preparado de maneira correta. Exemplo: Se comprou uma caixa de leite furada, ferver esse leite não vai faze-lo saudável. Esse leite pode conter uma toxina produzida por bactérias que não pode ser destruída cozinhando.

Cuidados com Ovos

http://2.bp.blogspot.com/_Z-tb91soNfo/S-IuyUKQcHI/AAAAAAAAAI8/uGrcN6yNj9M/s1600/Ovos2%5B1%5D.jpg• Não consuma ovos com a casca rachada.

• Não lave os ovos antes de coloca-los na geladeira. Os ovos já são lavados na granja.

• Não coloque a casca do ovo em contato com a gema ou a clara.

• Não separe a gema da clara utilizando a casca do ovo.

• Não quebre o ovo na borda do recipiente em que ele será colocado.

• Não consuma em caso de dúvida, com cheiro não agradável.

• Não deixe ovos ou alimentos que contenham ovos a temperatura ambiente

Cuidados com produtos em embalagens

http://www.saborevidaalimentos.com.br/produto011.jpg• Guarde os produtos com conteúdo seco em lugares fresco e seco, com a embalagem bem fechada e longe de outros alimentos como vegetais ou produtos de limpeza. Principalmente embalagens absorventes como papelão.

• O mesmo vale para os produtos com conteúdo líquido que não necessita de refrigeração.

• Antes de consumir, lave sempre as embalagens com conteúdo líquido, como massa de tomate, condimentos, sucos etc. Lave com água e sabão, depois seque bem. Lave as latinhas, as caixinhas, embalagens plásticas ou de vidros.

• Caso não utilize todo o conteúdo de latinhas, caixinhas e embalagens plástica que não possuam tampa. Passe o conteúdo para uma vasilha com tampa e guarde na geladeira pelo tempo que o fabricante informa.
FONTE: MARCELA NUTRIÇÃO BLOGSPOT

Radicais Livres - RL

Aproximadamente 95% do oxigênio proveniente da respiração é neutralizado pela cadeia respiratória celular, onde acaba seu ciclo metabólico, transformado em água.

Os 5% de oxigênio restantes são transformados nos Radicais Livres, que se não forem adequadamente eliminados, ou se estiverem sendo formados em excesso, pode prejudicar o organismo, provocando o STRESS OXIDATIVO.
O Stress Oxidativo, pode ser causado por anomalias genéticas dos órgãos de defesa, e também por fatores ambientais, que de alguma forma estressam o metabolismo como: o tabagismo, a radiação, excesso de atividade física, intoxicações metálicas, ingestão de gorduras animais, frituras, carne vermelha, inflamações e infecções, consumo abusivo de álcool,stress físico e mental, etc.


Estudos mostram que várias doenças são originadas por ação dos Radicais Livres, o que acontece com câncer, aterosclerose, artrites, catarata, enfisema pulmonar.
E outras como Infecções graves, Diabetes, Mal de Parkinson, Doença de Alzheimer, Enfermidades neurológicas, agravam com a ação dos RL.


Clique na imagem para ver em tamanho original


OBS: O EXCESSO DE EXERCÍCIOS FÍSICOS AUMENTAM OS RADICAIS LIVRES.
Uma alimentação balanceada rica em alimentos de baixo valor calórico diminuem a produção de radicais livres. Frutas e Verduras estão em primeiro lugar.

Carolina Ritter Ribeiro formada em Nutrição pela Unisinos com Pós graduação em Nutricão Clínica Funcional e Pós graduação em Obesidade e Emagrecimento.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Dicionário de Nutrição

Você tem dúvidas sobre o significado de algum termo da área de nutrição?
Então consulte o nosso dicionário! Escolha abaixo a letra desejada.

O Diário de nutrição lhe explica: http://www.sonutricao.com.br/conteudo/dicionario/

Os Alimentos Mais Saudáveis do Mundo.

O Alimentação Saudável HOJE elaborou uma lista com mais de 100 dos alimentos mais saudáveis do mundo. Conheça quais os principais nutrientes que cada alimento contém, a sua dose diária recomendada, calorias por dose ingerida e a densidade do nutriente. Saiba também quais os principais benefícios para a saúde.
Legumes Fruta
LEGUMES FRUTA
Leguminosas Cereais
LEGUMINOSAS CEREAIS
Frutos Secos e Sementes Especiarias e Ervas
FRUTOS SECOS ESPECIARIAS E ERVAS
Carnes e Aves Peixe e Marisco
CARNES E AVES PEIXE E MARISCOS
Lactícinios Adoçantes Naturais
LACTICÍNIOS ADOÇANTES NATURAIS


FONTE: http://www.alimentacaosaudavel.org


Carolina Ritter Ribeiro formada em Nutrição pela Unisinos com Pós graduação em Nutricão Clínica Funcional e Pós graduação em Obesidade e Emagrecimento.

Sono e distúrbios alimentares.



O sono é uma necessidade básica do ser humano, assim como a alimentação, sendo que deve ser respeitado e realizado de forma suficiente a colaborar com a saúde e bem estar.

O sono e a alimentação possuem algumas relações diretas como pode ser observado em estudo recente, o qual avaliou a prevalência da síndrome do comer noturno e bulimia em pessoas entre sobrepeso e obesidade. De acordo com os resultados, o estresse, problemas relacionados ao sono e uso de medicamentos podem explicar a alta prevalência de síndrome de comer noturno na população estudada.

Outro estudo avaliou a prevalência de distúrbios do sono em 400 pacientes, com diagnóstico de anorexia e bulimia nervosas. De acordo com o estudo, a pertubação do sono foi relatada em cerca de 50% da população estudada, especialmente nos que apresentavam bulimia nervosa. O estudo evidencia o fato de que os pacientes com distúrbios do sono apresentaram mais sintomas de perturbação, incluindo maior frequência de compulsão alimentar e frequência vómitos.

Fontes:
Lundgren JD; Rempfer MV; Brown CE; Goetz J; Hamera E. The prevalence of night eating syndrome and binge eating disorder among overweight and obese individuals with serious mental illness. Psychiatry Res; 175(3): 233-6, 2010 Feb.
Kim KR; Jung YC; Shin MY; Namkoong K; Kim JK; Lee JH. Sleep disturbance in women with eating disorder: prevalence and clinical characteristics. Psychiatry Res; 176(1): 88-90, 2010.
FONTE: http://www.nutricaoempauta.com.br/


Carolina Ritter Ribeiro formada em Nutrição pela Unisinos com Pós graduação em Nutricão Clínica Funcional e Pós graduação em Obesidade e Emagrecimento.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

A maçã-verde.

A maçã-verde, conhecida também pelo nome varietal de Granny Smith é uma variedade de maçãs. é uma maçã normal. Ela está composta sobre tudo por pectina, aminoácidos, ácidos, açúcares, catequizas, quercetina, sorbitol, fibras, cálcio, ferro, magnésio, nitrogênio, fósforo e potássio, entre outros.

A maçã verde tem propriedades medicinais tanto em relação ao uso interno como ao externo. Ao nível dos mal-estares internos, a maçã verde é anti-inflamatória do aparelho digestivo; antiácida; antidiarreica e laxante suave; diurética e depurativa; anticatarral em casos de brônquios ou tosse; anti-colesterol; hipo-tensora baixando a pressão sanguínea; sedativa; febrífugo, para baixar a febre; anti-tabaco, manter uma dieta com maçã verde ajuda a deixar o vício do tabaco; e anticancerígeno.

Descascar a fruta é um hábito que temos mas, na verdade, é na casca que residem muitos dos nutrientes mais importantes. E com esse simples gesto acaba-se por perder uma quantidade infindável de vitaminas e minerais.

Para melhor se compreender aquilo que estamos a dizer basta pensar que a «pele» da maçã tem cerca de quatro vezes mais vitamina C que a restante parte do fruto. Mas, devido à utilização de pesticidas ao longo do cultivo, é imperativo lavar previamente a peça de fruta antes de a comer com casca.

Carolina Ritter Ribeiro formada em Nutrição pela Unisinos com Pós graduação em Nutricão Clínica Funcional e Pós graduação em Obesidade e Emagrecimento.

Postagens populares